Subscribe

Artigos para perda de cabelo

Queda de cabelo feminina

É estatisticamente mais provável que homens sofram de calvície do que mulheres. Entretanto, a queda de cabelo afeta quase 40% das mulheres, mas com menos recursos, as mulheres podem ter mais perguntas do que respostas sobre a queda de cabelo feminina.

As mulheres perdem cabelo devido a muitos motivos diferentes, e em todas as fases da vida. Para lidar, tratar e compreender melhor a queda de cabelo, é essencial saber as diferentes causas do problema, e quais medidas proativas é possível tomar para recuperar o cabelo.

Alopecia androgênica
Alopecia androgênica geralmente é hereditária e causa afinamento do cabelo por todo o couro cabeludo em mulheres. Normalmente, o desequilíbrio hormonal devido a pílulas anticoncepcionais, gravidez, menopausa ou cistos nos ovários pode causar esse tipo de queda de cabelo. A dihidrotestosterona (DHT) é um hormônio que existe em homens e mulheres, que pode ficar desequilibrado e fazer com que os folículos capilares afinem, resultando em queda de cabelo. Esse tipo de queda de cabelo muitas vezes é temporária, e o cabelo pode crescer novamente logo depois que o hormônio estabilizar.

O que você pode fazer?
No primeiro sinal de queda de cabelo, consulte o seu médico e teste seus níveis hormonais. É importante compreender o que está acontecendo no seu corpo e quais medidas benéficas você pode tomar. O seu médico pode recomendar um medicamento por receita, troca de medicamentos, mudanças de estilo de vida ou um tratamento tópico.

Outra opção é minoxidil para mulheres. Minoxidil 2% recupera cabelo em mulheres conforme comprovado clinicamente, e está disponível em diversas formas, como xampu, espuma ou creme. A solução tópica de crescimento capilar pode não resolver desequilíbrios hormonais no corpo, mas produtos com minoxidil podem reduzir a quantidade de queda de cabelo e promover crescimento renovado.

Adotar um estilo de vida ativo e saudável ajuda a manter o cabelo saudável e forte. Uma dieta rica em vitaminas B, ferro, proteína e ácidos graxos pode ajudar a recuperar cabelo.

Eflúvio telógeno
Normalmente precipitado por um evento traumático causado por subnutrição, cirurgia, parto, infeção ou estresse extremo, a queda de cabelo chamada de “eflúvio telógeno” pode fazer com que até 90% de cabelo caia em mulheres. Eflúvio telógeno geralmente ocorre de seis a doze semanas após um período de intenso estresse físico ou mental. Normalmente, o cabelo começará a crescer novamente logo depois da queda, desde que os níveis de estresse sejam mantidos.

O que você pode fazer?
Geralmente, eflúvio telógeno terminará e será corrigido sozinho com o tempo. Entretanto, trabalhar para manter níveis de estresse saudáveis pode ajudar a evitar o eflúvio telógeno. Algumas mulheres acham que meditação, exercício e conversar com outras pessoas oferecem alívio para o estresse.

Consuma uma dieta rica em nutrientes que contenha muita proteína, ferro e macronutrientes. A subnutrição pode causar eflúvio telógeno e, de acordo com a American Academy of Dermatology, se uma pessoa deixar de consumir uma quantidade adequada de um único macronutriente por dois ou três meses, o cabelo pode começar a cair.

Uma solução de minoxidil pode promover um crescimento capilar mais rápido e espesso, assim que o cabelo começar a crescer novamente. O minoxidil resulta no estímulo dos folículos, e tem sido clinicamente comprovado como eficaz para apoiar o crescimento capilar saudável. Dermatologistas frequentemente recomendam minoxidil para tratamento de queda de cabelo em mulheres.

Eflúvio anágeno
Causado por transtornos no folículo capilar, o eflúvio anágeno é principalmente causado por quimioterapia e radioterapia. Essas terapias destróem as células cancerígenas, que fazem com que outras células se dividam, como as células dos folículos capilares, e caiam. O eflúvio anágeno causado pela quimioterapia normalmente resulta em %90 de queda de cabelo.

Outra causa do eflúvio anágeno é a tricotilomania, um tipo de transtorno obsessivo-compulsivo que faz com que as pessoas puxem os cabelos e pelos de todo o corpo. A tricotilomania pode resultar em queda de cabelo leve, moderada ou extrema.

O que você pode fazer?
Infelizmente, não há muito a fazer para recuperar o cabelo ao fazer quimioterapia ou radioterapia. Entretanto, assim que os tratamentos forem concluídos, consumir uma dieta nutritiva ajudará a garantir um ótimo crescimento capilar. Produtos tópicos com minoxidil também podem ser benéficos para pessoas com dificuldade para recuperar o cabelo.

A tricotilomania é um transtorno que é frequentemente tratado por meio de terapia cognitivo-comportamental, medicamentos e outros tipos de terapia em grupo.

Alopecia de tração
Alopecia de tração é causada por penteados que estressam muito os folículos capilares. Penteados como trancinhas, extensões, tranças e rabos-de-cavalo apertados podem causar alopecia de tração, e podem provocar queda de cabelo permanente. Entretanto, se o penteado prejudicial for interrompido logo, o cabelo voltará a crescer normalmente.

O que você pode fazer?
A resposta mais óbvia é não faça penteados apertados e prejudiciais, e se usar um penteado apertado ocasionalmente, solte o cabelo antes de dormir.

Se a queda de cabelo já ocorreu devido à alopecia de tração, uma solução direta com minoxidil pode ajudar a estimular o crescimento capilar Minoxidil 2% normalmente é a dose usada para mulheres, e a solução tópica para crescimento capilar tem demonstrado sucesso em estudos clínicos.

A queda de cabelo pode ser uma situação catastrófica, especialmente para mulheres, mas compreender a causa principal da queda de cabelo pode oferecer algum consolo. Tomar medidas proativas para recuperar o cabelo ou prevenir a queda de cabelo é uma atitude benéfica, mas as mulheres podem descobrir que é especialmente benéfico e motivacional buscar ajuda com um grupo de apoio de queda de cabelo. Conversar com pessoas sobre a queda de cabelo pode promover uma perspectiva saudável e positiva.

Referências:
Center, T. L. (2014, January 1). What Is Compulsive Hair Pulling? Retrieved February 20, 2015, from Trichotillomania

Dermatology, A. A. (2015, January 1). Diseases and treatments. (American Academy of Dermatology) Retrieved February 16, 2015, from www.aad.org

McAndrews, P. J. (2010, January 30). Causes of Hair Loss. Retrieved February 20, 2015, from American Hair Loss Association